Ambipar, por meio da empresa Suatrans Chile, fecha contrato com Codelco

A Ambipar, por meio da empresa Suatrans Chile, fechou um contrato com a Codelco, maior mineradora de cobre mundial, no valor de US$ 45 milhões. O acordo envolve a prestação de serviços emergenciais, o que abrange resgate de vítimas, vazamento de produtos perigosos e acidentes com transporte e equipamentos, entre outros.

Para atender os 15 mil funcionários próprios e terceirizados da Codelco, a Suatrans terá 70 profissionais na mina de Chuquicamata. Segundo o diretor da Suatrans, Marcel Borlenghi, o contrato terá início em agosto, duração de 10 anos e será o maior da empresa no Chile. Serão necessários investimentos de US$ 5,5 milhões.

A Suatrans está no Chile desde 2008 e tem cerca de 150 contratos, voltados não apenas a empresas de mineração, mas também de petróleo e indústria química. Borlenghi conta que os serviços foram alavancados após o terremoto que atingiu o Chile em 2010. O acidente com os 33 mineiros que ficaram presos em uma mina no país naquele mesmo ano reforçou a demanda pelo atendimento emergencial.

Após faturar R$ 68 milhões em 2011, a Suatrans pretende encerrar este ano com um total de R$ 100 milhões. Os planos da empresa incluem a abertura de unidades no Peru e na Colômbia. Hoje estamos fechando contratos com indústrias que demandam atendimento no Mercosul inteiro, diz Borlenghi. Além do Brasil, a Suatrans tem hoje bases no Chile e na Argentina.

(50 Posts)

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.